<

 

Esporte - 10/04/2024 - 23:27:29

 

São Paulo vence Cobresal no final e respira na Libertadores

São Paulo vence Cobresal no final e respira na Libertadores

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / São Paulo FC

 


O São Paulo enfrentou dificuldades, entretanto conquistou com determinação a sua primeira vitória na Libertadores hoje, contra o Cobresal, diante de uma torcida de mais de 49 mil pessoas no Morumbis. Na segunda rodada do Grupo B do torneio, o Tricolor venceu o último colocado do Campeonato Chileno por 2 a 0, com os gols marcados por André Silva e Jonathan Calleri, ambos nos minutos finais da partida.

Após o jogo, o São Paulo conquistou os primeiros três pontos na competição internacional e agora se sente mais tranquilo, já que entrou em campo enfrentando uma grande pressão devido aos resultados decepcionantes nos jogos anteriores, onde foi eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista e perdeu em sua estreia na Libertadores para o Talleres.

Mesmo com o triunfo contra o Cobresal, a permanência de Thiago Carpini como técnico do São Paulo não está assegurada. O treinador recebeu diversas críticas das arquibancadas do Morumbi devido às dificuldades da equipe em conquistar a vitória, e a diretoria pode reconsiderar sua permanência em breve.

O São Paulo retorna às competições internacionais apenas no dia 25 de abril, enfrentando o Barcelona de Guayaquil, no Equador. Antes disso, enfrentará o Fortaleza em casa no próximo sábado, seguido de jogos contra o Flamengo (fora) e Atlético-GO (fora), todos válidos pelo Campeonato Brasileiro.

O São Paulo teve a melhor chance no primeiro tempo. Com apenas oito minutos, o time comandado por Thiago Carpini quase abriu o placar após James Rodríguez cair na cabeça de Calleri ao tentar salvar o goleiro, mas o árbitro determinou que o atacante argentino estava impedido. No minuto seguinte foi a vez de Luciano receber fora da área, chutou dentro da área, olhou para o ângulo e mandou ao lado do gol.

A chance clara do Tricolor na etapa inicial foi de James Rodríguez. Igor Vinícius mexeu bem pela ponta direita, encontrou Alisson e depois desceu para fazer cruzamento rasteiro para trás. O meio-campista colombiano deu o primeiro chute, vendo o goleiro Requena bloquear milagrosamente o primeiro gol do São Paulo.

A pressão em São Paulo ainda não acabou. Em cobrança de falta direta de James Rodríguez, Diego Costa cabeceou, Luciano controlou e mandou perto da trave, mas mais uma vez o árbitro marcou impedimento do ataque do Tricolor.

Antes do intervalo, ainda deu tempo de Callerri marcar. Igor Vinícius cruzou, Arboleda marcou, Luciano não conseguiu controlar, mas o camisa 9 do São Paulo veio de trás para marcar primeiro e viu a bola explodir no gol do Cobresal.
São Paulo abriu o placar, mas o árbitro determinou impedimento.

No segundo tempo, o São Paulo precisou de cinco minutos para marcar. Calleri deixou Luciano encarar o goleiro adversário e o camisa 10 do São Paulo não desperdiçou nada, chutando para Requena, mas o árbitro determinou impedimento para o atacante argentino.
Michel Araújo desperdiçou duas boas oportunidades

Aos 8 minutos foi a vez de Michel Araújo finalizar na cobrança de escanteio de James Rodríguez, como diz o livro do grande artilheiro, mas viu Requena fazer mais um bom trabalho para manter o placar em 0 a 0.

Precisando de um gol, Thiago Carpini decidiu mandar Pablo Maia, que recebeu cartão amarelo e corria risco de ser expulso por falta, para substituir Giuliano Galoppo.

Porém, mais uma vez foi Michel Araújo quem teve a chance de balançar as redes. Luciano deixou a bola na grande área e passou para o uruguaio, que chutou de primeira no escanteio, mas a bola saiu.
Os sais de cobre são tóxicos

Depois de uma defesa tão sólida, o Cobresal aproveitou a vantagem mais ofensiva do São Paulo dentro de campo para contra-atacar e quase abriu o placar em 2 partidas consecutivas. Tudo começou com Diego Coelho, que cabeceou no canto superior, obrigando Rafael a defender. Mesías então se aventurou fora da área, mas mais uma vez o goleiro tricolor conseguiu bloquear.
A trave impediu que o São Paulo voltasse a marcar

Faltando mais de dez minutos para o fim, Michel Araújo teve mais uma chance de abrir o placar, mas desta vez fez o gol, deixando a torcida do Morumbis em frenesi.
André Silva abriu o placar para o São Paulo

Mas depois de muito pressionado, o São Paulo finalmente marcou aos 37 minutos do segundo tempo. James Rodríguez caiu para o segundo lugar, Calleri cabeceou, Michel Araújo rematou primeiro, mas foi defendido à queima-roupa pelo guarda-redes. Porém, no contra-ataque, André Silva, no lugar de Luciano, empurrou para a rede, tornando-se o herói da noite do Morumbis.
Calleri garantiu vitória do time tricolor

Com a vantagem, o São Paulo se mostrou confiante e ampliou a vantagem aos 44 minutos.Erick passou para Calleri, que cabeceou forte, viu o goleiro bloquear e após contra-ataque, chutou para a rede para completar o gol. trabalho para o Morumbis.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 COBRESAL (CHI)

Local: Morumbis, em São Paulo (SP)
Árbitro: Carlos Ortega (COL)
Assistentes: Jhon Gallego (COL) e Richard Ortiz (COL)
VAR: Yadir Acuña (COL)
Público: 49.502 torcedores
Renda: R$ 3.643.692,50

Gols: André Silva, aos 37 do 2ºT, e Calleri, aos 44 do 2ºT (São Paulo)
Cartões amarelos: Bechtholdt, Castro, Valencia, Navarro, Filla (Cobresal); Luciano, Pablo Maia, Galoppo (São Paulo)

SÃO PAULO: Rafael; Arboleda, Diego Costa e Ferraresi; Igor Vinícius (Erick), Pablo Maia (Galoppo), Alisson, James Rodríguez (Nestor) e Michel Araújo; Luciano (André Silva) e Calleri.
Técnico: Thiago Carpini.

COBRESAL: Requena; Pacheco, Bechtholdt (Toro), Alarcón e Sandoval Muñoz; Mesías Sepúlveda (Filla), Navarro; García (Lobos) e Munder e Valencia (Lezcano); Castro (Diego Coelho).
Técnico: Gustavo Huerta.

;

O campeão voltou e venceu a primeira da Libertadores 2024

O campeão voltou e venceu a primeira da Libertadores 2024



Últimas Notícias




Por unanimidade, TSE rejeita cassação de mandato de Sergio Moro


Zambelli e hacker viram réus no STF por invasão ao site do CNJ


STF anula decisões da Lava Jato contra Marcelo Odebrecht


STF reconhece prescrição de condenação de Dirceu na Lava Jato


Rayssa Leal vence etapa da China do Pré-Olímpico de skate street


Alexandre de Moraes, STF, suspende resolução do CFM que proíbe assistolia fetal