Politica - 17/11/2018 - 05:52:19

 

Gleisi Hoffmann, em "ato falho", entrega quem é proprietário do sítio de Atibaia

Gleisi Hoffmann, em "ato falho", entrega quem é proprietário do sítio de Atibaia

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


A grande discussão em torno do fato se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é, ou não, o proprietário do sítio Santa Bárbara em Atibaia, no interior do Estado de São Paulo, é desnecessária para o veredito no processo que investiga a execução de obras naquela propriedade com dinheiro proveniente de propina de contratos com a Petrobras. Isto ficou claro com as declarações em juízo de Léo Pinheiro, quem financiou a orba, e de outras testemunhas que trabalharam na obra.

O mais importante, entretanto, é saber se Lula foi o "beneficiário" de tais obras. Se a tal propina, oriunda de contratos com a Petrobras, era dirigida ao ex-presidente petista.

"Quanto a isso não parece haver nenhuma dúvida. O meliante petista fatalmente vai amargar mais uma condenação", disse um especialista em direito penal.

Contudo, o “ato falho” praticado pela presidente do PT, Gelisi Hoffmann, é cruel. Esta semana, a senadora foi traída pela própria língua.

Tentando explicar o inexplicável, na tribuna do senado, "admitiu" ser o sítio do ex-presidente.

Notem como ela "escorrega" e entrega quem é o verdadeiro proprietário do sítio de Atibaia no vídeo no final da matéria.

;

Esta semana, a senadora foi traída pela própria língua durante discurso na tribuna do Senado.

Esta semana, a senadora foi traída pela própria língua durante discurso na tribuna do Senado.

Turismo SBC


Últimas Notícias




Luiz Fernando, PT, vai para o Conselho de Ética por preconceito contra a mulher


Lula volta para carceragem em Curitiba após cremação do corpo do neto


Bolsonaro exonera Gustavo Bebianno após ministro vazar áudios privados do presidente, diz SBT


Clipe de Daniela e Caetano é alvo de protestos e recebe milhares de dislikes


"Monopólio da Taurus": polícias e grupos pró-armas querem que Bolsonaro abra mercado


Uniformes e material escolar chegam antes do 1º dia de aulas em São Bernardo