Politica - 23/10/2018 - 20:40:34

 

Doria diz ser alvo de ataque baixo e pedirá avaliação por perito criminal

Doria diz ser alvo de ataque baixo e pedirá avaliação por perito criminal

 

Da Redação com agências

Foto(s): Reprodução

 


O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria, comentou a circulação de 1 vídeo em que supostamente o ex-prefeito da capital mantém relações íntimas com outras mulheres. Pelas redes sociais, ele afirmou ao lado da esposa, Bia Doria, que está sendo atacado por estar liderando as pesquisas. “Lamento muito que a campanha em São Paulo tenha chegado a este nível”, disse.

Doria chamou o vídeo de “vergonhoso” e disse que sua produção foi feita por quem quer seu mal e o de sua família.

Vereador paulistano Camilo Cristófaro, PSB, do mesmo partido do governador Márcio França, teria sido acusado por ter, orignalmente, disseminado o suposto vídeo envolvendo João Doria. Cristófaro, cassado oela Justiça Eleitoral, mas que se manteve no cargo por efeito de liminar, afima que a divulgação do material foi feita por uma das moças envolvidas.

Camilo disse que não inventou nada e que recebeu o vídeo de uma das meninas que "não teriam recebido o cachê do João Doria no suingue". 

Doria disse já ter solicitado a um perito criminal que verificasse as imagens. O candidato disse que também entrará com medidas judiciais para que os autores do vídeo sejam identificados e punidos.

;

João Doria e a esposa Bia Doria durante pronunciamento sobre o suposto vídeo de ataque ao candidato líder nas pesquisas para o governo paulista nas eleições de 2018

João Doria e a esposa Bia Doria durante pronunciamento sobre o suposto vídeo de ataque ao candidato líder nas pesquisas para o governo paulista nas eleições de 2018

Turismo SBC


Últimas Notícias




Gleisi Hoffmann, em "ato falho", entrega quem é proprietário do sítio de Atibaia


Fernanda Lima chora, mas não vai salvar "Amor & Sexo" do fim


Bolsonaro acusa Folha de espalhar fake news e indica fim da EBC


Marca de suástica em jovem no RS foi automutilação, aponta laudo


Doria diz ser alvo de ataque baixo e pedirá avaliação por perito criminal


Bolsonaro leva facada de extremista em Minas Gerais